Compartilhe
Tamanho da fonte


6/7/2016
TERAPEUTA OCUPACIONAL MÁRNEY COSTA PARTICIPA DO II ENCONTRO REGIONAL DAS APAES DO VALE DO CHAPECÓ
Em palestra durante o II Encontro Regional das Apaes do Vale do Chapecó, o diretor da Inclusão Eficiente tratou sobre a importância das questões sensoriais na aprendizagem para cerca de 250 pessoas.

O Terapeuta Ocupacional Márney Costa, Diretor da Inclusão Eficiente, participou na sexta-feira, dia 01 de julho, do II Encontro Regional das APAES do Vale do Chapecó, realizado em Pinhalzinho. Na ocasião, Márney apresentou uma palestra sobre aprendizagem e integração sensorial, em que abordou diagnósticos e o desenvolvimento de habilidades funcionais.
Participaram do evento cerca de 250 profissionais de saúde e educação. "A melhor maneira de derrubar barreiras ainda é a informação. Quanto mais compartilhamos conhecimentos e experiências, mais incentivamos a inclusão, não apenas escolar, mas a inclusão efetiva, para que as pessoas saibam conviver com a diversidade em diversos contextos", esclarece Márney. "É fundamental falar sobre questões sensoriais, que é uma área muito específica do Terapeuta Ocupacional, mas que pode trazer contribuições para os profissionais de educação melhorarem o ambiente e contribuírem para o aprendizado dos alunos. Não há inclusão sem troca de saberes, sem integração entre os profissionais", defende Márney.
Além da palestra em Pinhalzinho, a Inclusão Eficiente tem uma série de eventos programados para as próximas semanas: dias 09 e 10 de julho os terapeutas ocupacionais Régis Nepomuceno e Giulia Gallo realizam um curso sobre Rotina e Autismo em Passo Fundo - RS, dias 27 e 28 de julho o terapeuta ocupacional Régis Nepomuceno fala sobre Estratégias Sensoriais no autismo, na associação Pandorga, em São Leopoldo, RS, e em agosto a psicopedagoga Claudia Zirbes fala sobre o Autismo na Perspectiva da Neurociência, em Curitiba , PR.
Márney Costa destaca que a experiência da empresa com a participação nesses eventos tem sido muito gratificante: "Existe muita demanda, muito a ser discutido e sempre que temos a oportunidade de contribuir com a formação de outros profissionais e também compartilhar conhecimentos e experiências é um motivo de orgulho e motivação, para seguirmos encorajando a inclusão, que é um processo em construção", justifica.



voltar